^Três Lagoas MS


Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

PREVISÃO DOS PROXIMOS 4 DIAS
. . . .
........
PAGINAS
 PROF. NAZARETH- Coord. MECES
 CARLOS FERREIRA - CAPELA D. BOSCO
 VELA VIRTUAL
 CAPELA DOM BOSCO - Festa
 SAUDE - INFORMAÇÕES
 LITURGIA DIARIA
 PADRE MAIKOL - interessante
 CURSO DE LITURGIA
 TERÇO VIRTUAL
 BÍBLIA
 EVENTO: 1ª ROMARIA
 O SACRÁRIO




MINISTROS EXT. DA COMUNHÃO EUCARÍSTICA
 


 

UM ADEUS... ALGUMAS LEMBRANÇAS

(IN MEMORIAM)

 

Nazareth e Giusepina

            Foi preciso um fôlego e algum tempo para que se passasse o susto da notícia de falecimento do Ministro Orlando Silva.  No repente das informações não seria possível sentar e fazer um balanço do pouco tempo que Orlando esteve entre nós (aproximadamente um ano e meio); muito menos escrever alguma coisa que pudesse retratar o seu perfil como cidadão ou como cristão católico.

            Tudo aconteceu tão rápido como rápida foi a sua presença entre nós em Três Lagoas; como rápido foi o seu propósito de mudanças rápidas em diversos setores de nossa vivência cristã na Paróquia Santo Antonio.

            É possível que não o tenhamos compreendido suficientemente, dada a sua pressa em renovações. Renovações no campo da evangelização, da formação de equipes de trabalho, de nossa presença na comunidade, da atuação junto aos enfermos e da Liturgia, principalmente: eis aqui o seu mérito principal.

            Fica-se pensando: por que Orlando batalhava tanto para que Ministros tivessem maior presença nos hospitais, junto aos doentes, e nas exéquias junto às famílias enlutadas?

            É possível que essa pressa esteve em sintonia com o que iria acontecer logo mais em sua vida, ou que tenha sido em decorrência do pouco tempo que lhe restava entre nós – como observou a Ministra Conceição do Toninho, ao comentar o inesperado e triste acontecimento.

            Perguntamos: e por que não se estabeleceu essa correlação antes, enquanto ele era vivo, entre suas apressadas propostas de trabalho e a realidade que se constatou depois?

            Porventura alguém havia se apercebido disso em algum momento antes, mesmo sabendo de sua saúde um pouco abalada? Mas quem não tem problemas de saúde, por pequenos que sejam?

            Certamente por isso que ninguém se deu conta do que poderia vir a acontecer.

            Que possível pressentimento rondava o MECE Orlando ligado ao acontecimento de logo mais?

            Não temos resposta, e qualquer hipótese será mera suposição ou simples conjectura.

            Com certeza um dia Deus nos dirá o que de fato foi acontecido, e que não pudemos compreender, e porque aconteceu tão de repente; de fato muito no repente.

           

Só nos resta uma proposta: esquecer de vez as pequenas divergências quanto à metodologia de trabalho e substituir as diferenças, nos pontos de vista, por orações pedindo a Deus que o tenha em bom lugar como recompensa por seus esforços, levando em conta principalmente a vontade que ele teve em vida de ver dinâmico o processo de verdadeira evangelização.

            Peçamos a Deus que, de lá onde ele está, continue conosco incentivando nossas mentes na concretização de seus ideais: fundamentalmente daqueles em que não tenha ele sido suficientemente compreendido. E que Deus lhe permita estar intercedendo pela  sua família.  Família que construiu em vida como exemplo para a Pastoral Familiar.

                                              

                                                                      

 

 




Escrito por meces.tl às 18h19
[] [envie esta mensagem
] []





LITURGIA DIÁRIA

                Leia o Evangelho, Salmo e Leitura do dia, clicando no item "Liturgia Diária" à sua esquerda, lá você verá que estão à disposição às leituras estipuladas até o final deste mês. Mantendo a leitura diária conforme indicado pela Igreja, a gente certamente pode entender melhor a Bíblia e pode ainda ampliar o conhecimento, fazendo comparação com outras partes dela.



Escrito por meces.tl às 08h57
[] [envie esta mensagem
] []





                                                                                                                                 Salmo 61


14 de Outubro – Pregava mais misericórdia do que justiça PDF Imprimir E-mail
O Santo de hoje

Active ImageCalisto foi escravo. Viveu alguns anos na solidão, orando e estudando. Ordenou-se Diácono pelo Papa Zeferino. Recebeu o encargo de ampliar e construir a Via Appia e as catacumbas. Estas sepulturas subterrâneas, com vários quilômetros de comprimento, são chamadas hoje “catacumbas de São Calisto”.

Lá estão sepultados os Papas que governaram a Igreja nos dois primeiros séculos. Constituem uma das obras mais notáveis da Roma antiga. Qualquer roteiro de turismo inclui necessariamente uma visita a esse lugar santo, verdadeiro relicário da Igreja dos primeiros mártires.

Calisto foi sucessor de Zeferino na cátedra de São Pedro. Foi combatido quando aprovou o casamento de senhoras da sociedade com escravos. Calisto não se deixou abalar em suas atitudes pastorais. Pregou sempre a misericórdia com os pecadores arrependidos. Por isso sofreu muito, principalmente por parte de Tertuliano, muito rigorista. É tido como um dos papas mais notáveis e empreendedores da Igreja primitiva.






Escrito por meces.tl às 11h50
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]